Flagrado o Vândalo dos Banheiros Públicos: quando o poder público não resolve e ainda piora

Funcionário da Prefeitura flagra artista, ou melhor, flagra individuo que pichava as paredes do banheiro público da Matriz, nesse sábado, 20..

Segundo a página oficial da prefeitura de São José do Rio pardo, “O rapaz chegou a ser fotografado – vestia uma camiseta com desenhos semelhantes aos da parede do banheiro.”

 
Comentário – Refaço: por que caracterizar o personagem da história mediante a uma imagem e através de uma página pública? É Irrefutável a tese de que o homem da imagem tenha assim cometido um ato impróprio quanto ao patrimônio público, porém não concordo com a postura da página pública, inclusive sendo a página da prefeitura, de tomar esta atitude ao expor e caracterizar o artista, ou vândalo, como quiser.
 
A intenção e as formas de lidar com situações corriqueiras através dos órgãos públicos, uma vez que vivemos em uma sociedade, e me aponte uma sociedade que não haja vandalismo, demonstra o quão preparada ou despreparada é uma administração pública.
 
Como falam alguns rio-pardenses – leitor, perceba que uma simples mensagem de organização e ajuda acaba por oferecer uma solução ao caso – “Bastasse uma conversa ou orientação, com uma lata de tinta, então este homem que vive nas ruas poderia pintar a parede.”, ou não.
 
Apenas, existem modos legítimos de se punir eventuais problemas cotidianos e pessoas que estejam infligindo limites sociais. O discurso por trás da imagem revela uma perspectiva de “Procura-se vivo ou morto”. O que o servidor público que presenciou fez foi: fotografar e publicar. Qual o objetivo: o linchamento de um morador de rua por munícipes revoltados com a depredação do banheiro público? Faça-me o favor, ou os comentários na página são aceitáveis, aquilo que definem como discurso de ódio.
 
Os responsáveis pela manutenção do banheiro público, estes sim, são cabíveis de punição; a prefeitura sabe como trazer uma resolução, aos moradores de rua, aos vândalos e aos rio-pardenses, e não querem. Preferiram a foto, preferiram atribuir a culpa a um único ser de maneira deplorável.
 
Refaço: Por que caracterizar o morador de rua, desenhista, mediante a uma imagem e através de uma página pública? Porque é mais fácil julgar e deixar que julguem, isso para milhares de seguidores da página no Facebook, fomentar a discórdia entre sociedade, ao invés de corrigir muitos impasses com um cajado só – rua, banheiros, moradores etc.

Gabriel Fécchio, seu jornalista de sempre!

#Imparciup #StarkAssistencia #DoutorSmartSJRP #PegaPegaSJRP#4NerdsOficial

 
 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s