Haddad réu: não deixe a história se repetir

Dizem que: para presidente da república, não um pai, um líder, alguém isento de toda a corrupção; se é que isso é possível!

O caro leitor inicia esta leitura e pensa: “Lá vai ele mencionar o Bolsonaro.”, não, mencionarei o Haddad, uma vez que Bolsonaro fala demais, é homofóbico, misógino, racista etc., não corrupto, assim como o Deputado Federal vivia gritando pelo Congresso Nacional e adjacências.

Haddad hoje que critico, e com razões. Fernando Haddad, só esta semana, se tornou réu em ação de Improbidade Administrativa sobre construção e elaboração de ciclovia na cidade de São Paulo. Segundo o R7 e o Ministério Público, o ex-prefeito de São Paulo teria gasto, em cada quilômetro de ciclovia, 613% a mais que trecho semelhante na gestão passada, prejuízo de 5,2 milhões aos cofres públicos. Uma outra denúncia mostra que o candidato à presidência da república pelo PT pagou R$ 245 milhões a empreiteiras envolvidas na Lava Jato, inclusive à Odebrecht, afirma a Exame.

No primeiro caso, Haddad, por virar réu, passa a responder por processo judicial, o que não seria algo tão plausível e concernente com a atual situação eleitoral, porque, para a maioria dos brasileiros, principalmente aqueles que são antipt, seria melhor um candidato que não possua indícios de corrupção do que alguém que esteja com processos em andamento, e se também considerarmos a recente história relacionada ao Partido dos Trabalhadores, houve muita lavagem de dinheiro, pedaladas, triplex – exemplos que chegaram a destituir uma presidente ptista e a colocar na cadeia um dos maiores líderes de massa do Brasil, o Lula.

Como as pesquisas revelam que Jair Bolsonaro, confirmado no 1º turno, tem aproximadamente 46% das intenções de votos, então não temamos a ascensão de Haddad ao poder, porém, se por ventura o poste de Lula ultrapassar Bolsonaro, afirmo que a história recente brasileira se repetirá, e quem governará a republiqueta de bananas será, novamente, um vice – isto se o vice ou a vice não cometerem atos impróprios, irregulares com o bem público. Como já é comum do PT crimes e investigações – Antônio Palocci, Dilma, Lula, quase Haddad – corrupção não mais, e nem a chance de ressuscitar fatos ilícitos neste país.

#Imparciup #starkassistencia #doutorsmartsjrp #pegapegasjrp

Este é Gabriel Fécchio, seu jornalista de sempre
Foto: Veja

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s